Editora Record vai publicar The Submissive, série que inspirou 50 Tons de Cinza


 Dessa notícia eu gostei!!! O site O Livreiro anunciou hoje que a Editora Record adquiriu  os direitos de publicação da trilogia The Submissive, de Tara Sue Me. Essa é uma série erótica que nasceu de uma fanfiction de Crepúsculo, e fala de um relacionamento BDSM. Então se você está pensando “lá vem mais uma história baseada em 50 Tons de Cinza”, saiba que foi exatamente o contrário! Foi E.L. James que se inspirou na história de Tara Sue Me para criar sua fanfiction que originou o sucesso mundial 50 Tons!

Confira a capa e a sinopse:




Abby King tem uma fantasia secreta.

A cidade de Nova Iorque conhece Nathaniel West como o CEO brilhante e bonito das Indústrias West, mas Abby sabe que ele é mais que isso: ele é sexy e um qualificado dominante que está procurando por uma nova submissa. Desejando experimentar um mundo de prazer além de sua vida simples como bibliotecária, Abby se oferece para Nathaniel para satisfazer seus desejos mais ocultos.Depois de apenas um fim de semana com o Mestre, Abby sabe que ela precisa de mais, e se submete totalmente aos termos de Nathaniel. Mas, apesar do prazer que ele tem no espírito voluntário de Abby, o Nathaniel escondido atrás das regras continua frio e distante.Conforme Abby cai mais fundo em seu mundo tentador de poder e paixão, ela teme que o coração de Nathaniel possa estar além de seu alcance — e que ela própria pode estar além da salvação.

A trilogia foi publicada originalmente como fanfic em 2009 no site fanfiction.net, e em 2012 a autora publicou o 1 º livro da série,  a princípio apenas no ambiente virtual. A série é composta pelos livros The Submissive (A Submissa), The Dominant (o Dominante), previsto para ser lançando nos EUA em agosto deste ano, e The Training (O Treinamento), a ser lançando em outubro deste ano, nos EUA. A editora Record não divulgou nenhuma previsão de lançamento nacional.

Os livros são narrados em primeira pessoa, sendo que  The Submissive (A Submissa) é narrado sob o ponto de vista da mocinha, The Dominant (o Dominante) é primeira história sob o ponto de vista do mocinho, e The Training (O Treinamento) se passa após o final do primeiro e segundo livro e intercala capítulos sob ponto de vista dos dois protagonistas. E como euzinha sei tudo isso? Foi baseado nas sinopses??? Não!!! Apesar de que as sinopses deixam isso claro, rs. Mas eu sei porque li a trilogia na época em que a autora ainda estava escrevendo! Eu era uma daquelas leitoras que acompanhava o site fanfiction.net enlouquecida esperando a autora soltar o próximo capítulo! Por isso digo com conhecimento de causa, a história é muito boa, e essa sim é uma verdadeira relação BDSM, alias, aprendi vários termos e costumes, rs.

E tenho até que agradecer a autora, porque a leitura dessa fic em tempo real me ajudou muiiiito a melhorar minha leitura em inglês, já que lia os capítulos assim que ela postava, sem agüentar esperar tradução. E isso porque havia um grupo traduzindo no orkut, e era uma coisa legal e autorizada pela própria autora, que deixou claro no site que não se importava que traduzissem ou adaptassem a história, desde que lhe dessem o devido crédito. Bom, não preciso dizer que a fanfiction original já foi retirada de todos os sites onde a autora postou, rs, mas agora com a publicação no Brasil, é uma oportunidade pra quem ainda não conhece a história, conhecer, e para quem já leu a fic ver como a mesma foi adaptada para o livro. Eu faço questão de comprar! Quero muito ver o que a autora manteve e o que mudou, rs.

Conheça também o site oficial da autora: http://tarasueme.com/

2 comentários

  1. Eu não sei porque, mas a série 50 tons de cinzas não me chamou atenção, até porque não gosto de livros assim eróticos para ler. Eu gosto mais de romances, pois sou romantica.
    Mas tipo, acho que depende do ponto de vista de cada um também. Mas esses não seria meus estilos de leitura entende ?

    Mas pelo jeito que tá, acho que vai fazer muito sucesso !

    =]

    beijinhos linda

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu torço para que faça sucesso mesmo, porque a história é muito boa, rs. Eu li 50 Tons e não gostei muito, mas foi da trama, não do gênero do livro, rs. Acho que sou a típica mulher de fases, tem época que leio muitos históricos, outras romances fofos, outras eróticos, depois vicio nos infanto-juvenis, rs.

      bjos

      Excluir

Obrigada pela visita, e volte sempre!
Comente, opine! Cometários são sempre bem vindos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...