[Resenha] Insurgente (Divergente#2) – Veronica Roht



Na Chicago futurista criada por Veronica Roth em Divergente, as facções estão desmoronando. E Beatrice Prior tem que arcar com as consequências de suas escolhas. Em Insurgente, a jovem Tris tenta salvar aqueles que ama - e a própria vida – enquanto lida com questões como mágoa e perdão, identidade e lealdade, política e amor.



Título original: Insurget
Série: Série Divergente #2
Editora: Rocco
Ano: 2013
Categoria: Distopia, juvenil
Nota: 5/5 + Favorito


Insurgente é o segundo livro da Trilogia Divergente, de Veronica Roth, e o meu favorito da saga. Confira a resenha de Divergente aqui, pois é nela que faço a apresentação geral da série. Essa resenha não contem spoilers do livro anterior, :).

O primeiro livro focou muito nas facções da Audácia, Abnegação e Erudição. Neste temos uma maior participação da Amizade, Franqueza e também dos Sem-Facção. Após os acontecimentos bombásticos do final de Divergente, Insurgente inicia com um ar de dúvidas e confusão. A cidade está dividida, as facções em conflito, e as lealdades são postas a prova.

E no meio ao caos, surge uma nova questão. A existência de um segredo, uma verdade tão perturbadora a respeito da história da cidade e do mundo exterior, que teria sido o real motivo de tudo que aconteceu no final do primeiro livro. Porém, a fonte dessa informação não é a pessoa mais confiável do mundo, e Tris tem que decidir em quem confiar, se deve ou não seguir seus instintos na busca dessa verdade, e pesar as consequências possíveis, caso esteja sendo enganada, e não exista segredo algum.

A verdade costuma mudar os planos das pessoas.
Pág. 39

Eu amei a construção da Tris. Nesse livro, ela está confusa e mentalmente abalada, devido aos acontecimentos de Divergente. E vemos a personagem em uma mistura de culpa e desespero, coragem e perspicácia, e essa combinação pode ser bem perigosa. Foi ótimo acompanha-la e ver sua evolução.

Tento imaginar o que as outras pessoas pensam de mim. Eles devem ver alguém que eu não vejo. Alguém competente e forte. Alguém que eu não posso ser; alguém que posso ser.
Pág. 263

Quatro continua encantador. Conhecemos um pouco mais sobre ele, e vemos o quanto seu passado ainda impacta e afeta sua vida e atitudes. Porém algumas das atitudes do personagem me irritaram muito, principalmente quando ele pede a opinião de Tris sobre alguns fatos, alegando que ela é a pessoa mais perspicaz que ele conhece, e quando ela fala o que ele não quer ouvir, ele decide simplesmente ignorar e fazer o que queria mesmo. As cenas dos dois são muito boas, mesmo as cenas de conflito (e eles tiveram, e muitos), porém o casal fica meio distanciado em boa parte do livro.

Dessa vez tivemos uma participação maior de Janine, e vou te falar uma coisa, que vilã incrível! Ela é tão calma, tão metódica em seus conhecimentos e teorias científicas, que é isso que a torna a vilã perfeita, pois ela não é intencionalmente má, apenas é do jeito que é. Alguns outros personagens do livro anterior estão presentes, mas não vou citar nomes, porque em todos os livros sempre morre um monte de gente, e quem não leu, não precisa saber quem já se foi e quem continua, :). Novos personagens nos são apresentados, como Johanna Reyes, a líder da Amizade, e controversa Evelyn Johnson, do grupo dos Sem-facção. Mas, entre todos os personagens, teve um que realmente me surpreendeu, por fazer algo que eu nunca esperava ou imaginava, e me deu vontade de matá-lo/a. Ódio!

Esse livro é incrível! Uma injeção de adrenalina direto na veia! Uma verdadeira montanha russa, com momentos de calmaria, seguidos de picos de ação intensa. Sério gente, em mais de um momento, pensei que teria um ataque cardíaco de ansiedade ou desespero. O livro é muito bom mesmo! De longe, o melhor da trilogia. E passa num piscar de olhos, quando dei por mim, tinha terminado.

Às vezes, sinto que estou colecionando as lições que cada facção tem a me ensinar e guardando-as em minha mente, como um guia par ame virar no mundo. Há sempre algo a aprender, sempre algo que é importante entender.
Pág. 266

A diagramação da Rocco está impecável novamente. Com a capa belamente trabalhada, com alto relevo no título, folhas amarelada, e a fonte em tamanho bom e bem espaçada. Tudo contribuindo para a leitura fluir e voar.

Quem ainda não começou essa série, não sabe o que está perdendo. Leia o mais rápido possível, porque é boa demais. E só não dei uma nota maior para Insurgente, porque o limite de estrelas no Skoob é 5, senão teria dado mil!

E vocês, já leram o livro? O que acharam?
Beijos





.

22 comentários

  1. Oi Bruninha passei pra fazer uma visitinha e dei uma lida na resenha, ainda não finalizei o primeiro livro acredita acho que dei uma desanimada, mas nada grave por que quero muito ler essa trilogia para a gente discutir no grupo kkkk
    bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, leia sim, é muito bom! e poderemos discutir bastante o livro, rs
      beijos

      Excluir
  2. Ooi tudo bom??? vc quer mi matar neh???
    Ainda nem chegou o meu livro divergente vc vem com essa resenha de insurgente :O quero devorar essa trilogia logo *-*

    ResponderExcluir
  3. Ainda bem que esse livro não sofreu da síndrome do segundo volume. É isso que eu procuro em uma boa trilogia e/ou série, que todos os volumes mantenham uma média legal. Já estou mais do que curioso pra começar a ler essa trilogia. Fico imaginando esses picos de adrenalina que você citou. Eu quero ler agora mesmo.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o livro é ótimo mesmo, mas o terceiro é bem fraquinho, rs

      Excluir
  4. Ainda não li o primeiro livro da trilogia, mas cada vez que leio uma resenha fico louca pra ler logo.
    Super curiosa pra conhecer melhor a história.
    Sua resenha ficou ótima.

    Bjok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada,
      e leia quando puder, é muito boa a série

      Excluir
  5. Oi Bru, Insurgente melhor da série, fato rs. Estou lendo Convergente e o ritmo caiu muito, já peguei o big spoiler e estou curiosa para saber qual é o fim da trilogia :)

    http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andressa, o ritmo de Convergente é de matar de raiva. Pena que você pegou o spoiler. Eu consegui escapar, mas conclui o que ia acontecer antes de acontecer, rs

      Excluir
  6. Oi Burna.
    Li apenas Divergente, mas assim que terminar a minha leitura atual vou ler Insurgente.
    Parece que esse livro é ótimo, avaliado por você como o melhor da trilogia =) Isso já me animou bastante!
    Janine parece ser bem intrigante. Vamos ver como Tris e Quatro lidam com ela ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Janine é ótima! Adorei ela como vilã,,rs

      Excluir
  7. Não li sua resenha pq ainda não li o priemiro livro
    Estou esperando ter dindin pra comprar todos e ler
    Não fui no cinema tbm pq quero muito ler os livros primeiro

    ResponderExcluir
  8. Só digo uma coisa: eu necessito ler essa série!
    Infelizmente, ainda nem comecei a ler os livros e nem os comprei, mas pretendo fazer isso em breve.
    O fato de o livro ser cheio e ação e adrenalina só me faz ter mais vontade de ler o livro.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de Maio

    ResponderExcluir
  9. Fiquei curiosa sobre a vilã. Ainda pretendo ler esses livros.
    Que bom que gostou tanto Bru.
    Me sinto um peixe fora d'água as vezes porque ainda não li.rs

    Blog: livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei muito sim Lê, recomendo demais. Eu não me sentia tanto peixe fora d'água, porque meu grupo mais próximo é bem mesclado entre Leram e Não leram, rs

      Excluir
  10. Terminei de ler o primeiro livro essa semana, e quero muito ler o segundo, apesar de ter visto alguns comentários sobre o final da serie, não vi nenhum spoiler bombástico, então quero muito continuar lendo a trilogia.

    ResponderExcluir
  11. Suspeita para falar sobre esta trilogia, eu sou apaixonada e a forma que a autora nos leva para este mundo é sensacional

    Espero que você ame muito Bru

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  12. Nossa simplesmente amei essa resenha ,me ajudou muito na história , valeu e parabééns ,

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, e volte sempre!
Comente, opine! Cometários são sempre bem vindos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...