[Resenha] Sangue por Sangue - Ryan Graudin


Para o Terceiro Reich, a Segunda Guerra Mundial pode ter acabado, mas para a resistência a luta está apenas começando. Yael é sobrevivente de um campo de extermínio e tem uma habilidade especial é uma metamorfa, capaz de mudar a aparência física e assumir a forma de qualquer pessoa. Ela também é uma garota em fuga o mundo acabou de vê-la atirar e matar Adolf Hitler. Yael é a inimiga número 1 da Germânia e de seus aliados, e vai precisar se infiltrar no território inimigo mais uma vez se não quiser pagar com o seu próprio sangue. Em meio a segredos sombrios acompanhados por verdades obscuras, apenas uma pergunta paira na mente de todos do grupo de Yael o quão longe você iria por aqueles que você ama.

Título Original: Blood for Blood
Série Lobo por Lobo #2
Editora/Ano: Seguinte/2017
Skoob

Sangue por Sangue é o segundo volume da série Lobo por Lobo e o livro dá continuidade a trama que se iniciou anteriormente (resenha aqui) e vamos acompanhar a integrante da resistência Yael em sua fuga depois que ela atira em Adolf Hitler no Baile da Vitória do Tour do Eixo, uma corrida de motos feita para comemorar a conquista do Eixo na Guerra, com um trajeto que se estende da Alemanha até Tókio. 

[Resenha] Como Falar com Garotas em Festa - Neil Gaiman


Enn é um garoto de quinze anos que nunca se deu bem com as garotas, enquanto seu amigo Vic tem todas a seus pés. Na Londres dos anos 1970, auge do punk rock, os dois estão prestes a viver a aventura mais espetacular das suas vidas. Ao serem convidados para uma festa, conhecem as belas Stella, Triolet e Wain e descobrem mais segredos do que jamais poderiam supor. Do premiado Neil Gaiman, autor de Deuses americanos e Sandman, e adaptado e ilustrado de maneira extraordinária pelos irmãos Fábio Moon e Gabriel Bá, Como Falar com Garotas em Festas é uma graphic novel eletrizante, uma jornada sobre as descobertas do amor, das diferenças e dos mistérios que cercam o amadurecimento.
Título original: How to Talk to Girls at Parties
Editora/Ano: Quadrinhos na Cia/2017
Gênero: Quadrinhos, HQ

“Como falar com garotas em festas” é um conto de Neil Gaiman publicado na antologia “Coisas Frágeis”, lançada por aqui em 2008. Admito que não me lembrava muito do enredo, apesar de se tratar de um clássico do autor. Acontece. Confesso que também não li “Daytripper”, dos gêmeos Fábio Moon e Gabriel Bá, obra que é referência no campo das graphic novels nacionais. Está no topo da minha lista, prometo.

[Resenha] O Círculo Rubi - Richelle Mead


Depois que Sydney Sage escapou das garras dos alquimistas, que a torturaram por viver um romance proibido com Adrian Ivashkov, o casal passou a viver exilado na Corte Moroi. Hostilizada por todos ao seu redor por ser uma humana casada com um vampiro, a garota quase não sai de casa e perde a noção do tempo, trocando o dia pela noite.
Mas logo Sydney se vê obrigada a abandonar seu refúgio, já que seu coração continua apertado desde que Jill Dragomir desapareceu. O sumiço da jovem princesa vampira coloca em risco toda a estabilidade política dos Moroi… Então quem estará por trás desse sequestro? Sydney precisa dar um jeito de trazer a amiga de volta — e ao mesmo tempo alcançar sua própria liberdade..

Título original: The Ruby Circle
Série: Bloodlines #06
Editora/Ano: Seguinte/2015
Gênero: Aventura, Vampiros, Romance

* Livro cedido pela Editora Seguinte para resenha

Finalmente chegamos ao final da série Bloodlines composta de 6 livros e que é um spin off de Vampires Academy. Como toda série essa teve altos e baixos, ainda mais com tantos volumes, mas confesso que esperava muito mais do último livro.

[Resenha] Crueldade - Scott Bergstrom



O mundo de Gwendolyn Bloom vira de cabeça para baixo quando seu pai desaparece durante uma viagem de trabalho. Ela logo descobre que ele não é o homem que, por dezessete anos, achou que fosse — e essa é só a primeira de muitas revelações que Gwendolyn terá pela frente. Sem poder contar com a ajuda de mais ninguém para encontrá-lo, a garota parte em uma jornada tão perigosa quanto alucinante, seguindo os rastros do pai pela Europa. Porém, para se infiltrar — e sobreviver — em um novo mundo cheio de maldade e perversão, ela precisará deixar toda a sua vida para trás, assumir uma nova identidade e se tornar alguém tão cruel quanto seus piores inimigos.

Título original: The Cruelty 
Categoria: literatura jovem, suspense, ação
Editora/Ano: Seguinte/2017
Skoob

“Crueldade” é melhor do que parece. A sinopse evoca uma história de espionagem e a capa emula um passaporte russo, combinação que, por si só, não suscita novidade. Antes de iniciar a leitura, o leitor já sabe que a jovem protagonista terá de mudar de identidade em algum momento para ir em busca do pai, que é apresentado como um diplomata do governo americano desaparecido em uma viagem de trabalho em Paris. 

[Resenha] O Beijo Traiçoeiro – Erin Beaty


Com sua língua afiada e seu temperamento rebelde, Sage Fowler está longe de ser considerada uma dama — e não dá a mínima para isso. Depois de ser julgada inapta para o casamento, Sage acaba se tornando aprendiz de casamenteira e logo recebe uma tarefa importante: acompanhar a comitiva de jovens damas da nobreza a caminho do Concordium, um evento na capital do reino, onde uniões entre grandes famílias são firmadas. Para formar bons pares, Sage anota em um livro tudo o que consegue descobrir sobre as garotas e seus pretendentes — inclusive os oficiais de alta patente encarregados de proteger o grupo durante essa longa jornada. Conforme a escolta militar percebe uma conspiração se formando, Sage é recrutada por um belo soldado para conseguir informações. Quanto mais descobre em sua espionagem, mais ela se envolve numa teia de disfarces, intrigas e identidades secretas. E, com o destino do reino em jogo, a última coisa que esperava era viver um romance de tirar o fôlego. 

Título original: The Traitor’s Kiss
Categoria: literatura jovem, romance
Editora/Ano: Seguinte/2017
Skoob

Sage Fowler viive com os tios em uma bela casa e tem uma vida boa, mas seu espirito é rebelde e não fica nada feliz quando recebe a notícia que vai conhecer a casamenteira Darnessa, uma profissional que arranja casamentos combinando interesses pessoais e políticos. Como não era seu desejo se casar, Sage faz da visita um desastre, mas é surpreendida com uma proposta de emprego, Darnessa a convida para ser sua aprendiz para acompanhar um grupo de jovens damas da nobreza a caminho do Concordium, um evento na capital do reino, onde uniões entre grandes famílias são concretizadas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...