[Resenha] Bullies - Ronald M. Shapiro, Mark A. Jankowski, James Dale

OS BULLIES ESTÃO POR TODA PARTE! Ninguém está livre deles! São pessoas difíceis - enfrentá-las é uma experiência desagradável. Autoritários, querem impor sua vontade a qualquer preço, não hesitam em levantar a voz para fazer prevalecer sua opinião. Recusam-se a cooperar, ignoram as necessidades dos outros, não medem esforços para satisfazer os próprios interesses. Como lidar com eles? O que fazer para não sofrer em suas mãos? Aprenda, neste livro, como conviver com os bullies e evitar que o prejudiquem. Saiba como neutralizar a ação dos tiranos que encontramos no local de trabalho, nas lojas, no trânsito, na escola, no restaurante, no clube e até mesmo entre nossos familiares.

Título original: Bullies, Tyrants, and Impossible People
Editora: Butterfly
Ano: 2008
Categoria: não ficção
Nota: 3/5

Olá amores.

Hoje tem resenha, mas dessa vez é de um livro bem diferente dos que vocês costumam ver aqui no blog. Hoje vou valar do livro Bullies - Tiranos, Valentões e Pessoas difíceis: como conviver com eles, que é um não ficção, com conteúdo mais voltado para pedagogia e psicologia.

O livro fala sobre bullying, mas o foco aqui não é o ato em si, mas sim com lidar com pessoas que o praticam, que são chamadas pelos autores de Pessoas Difíceis.

Pessoas difíceis são as que normalmente apresentam comportamento: a) reativo, b) manipulador, c) recusam-se a cooperar ou uma combinação dessas características.
Pág. 23

Segundo os autores, há três tipos de pessoas difíceis: As pessoas difíceis sob estresse, as pessoas estrategicamente difíceis, e as pessoas simplesmente difíceis. Ao longo das suas 268 páginas, o livro ensina táticas para reconhecer e identificar essas pessoas, assim como atuar de forma a amenizar os acontecimentos e não ser vítima da situação. Todo o livro é construído em volta de uma técnica para lidar com essa situação, que envolve a chamda teoria N.I.C.E: Neutralizar as emoções, Identificar o tipo de pessoas quem que se está lidando, Controlar o confronto, Explorar todas a possibilidades.

Os autores trazem situações variadas envolvendo bullying, mas com um foco maior em adultos e principalmente relações de trabalho. Há vários exemplos reais no livro, sempre lembrando muito a estrutura de um estudo de caso (quem já fez um milhão trabalhos com base em estudos de casos, ou fez seus próprios estudos de caso, na faculdade, levanta a mão \o/). Como sou administradora, consegui relacionar muitas das situações apontadas com outras que já estudei, em especial nas disciplinas de Recursos Humanos, e também foi fáci fazer um paralelo com situações reais de trabalho.

Confie em sua intuição. Seja um “sexto sentido” ou puro “instinto”, seu subconsciente sabe que você está em uma situação delicada ou perigosa bem antes de sua mente perceber.
Págs. 164-65

Não gostei muito da divisão do livro. Ele está dividido em cinco partes, cada uma apresentando uma definição e em seguida faz uma analise separada para cada um dos três tipos de pessoas difíceis. Acho que seria melhor, até mais didático, se falasse tudo sobre cada tipo de uma vez. A última parte, que contém quatro capítulos, foi uma espécie de conclusão do trabalho, e achei de mais fácil compreensão que as anteriores.

Gostei da capa do livro, acho que ela expressa bem o tema abordado, e a diagramação está muito bem feita, com uma boa marcação de início de capítulos e citações bem destacada, e sem erros de tradução. Porém a letra é pequena, e como o assunto é muito denso, isso torna a leitura cansativa em certos momentos.

É um bom livro, mas eu estou numa fase super 'romance', por isso, e somando a divisão do livro e as letras pequenas, achei a leitura cansativa em diversas partes. Por isso não recomendo o livro como uma leitura de lazer, e nem para quem está sem tempo e precisa ler rápido. O ideal é ler com calma, sem pressa. E acho que quem curte a temática, ou está acostumado com textos com esse viés mais psicológico, vai gostar.


.

22 comentários

  1. Oi Bru..
    Este tipo de livro deve ser lido com calma mesmo. E em um momento de conhecimento e não lazer.
    Mas parece ser um livro muito bom interessante. De vez enquanto é bom ler eles.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ei Lê, eu gosto de ler livros assim as vezes. Mas desde que parei de estudar para o concurso, em abril, tinha abandonado esse tipo de leitura, rs
      beijos

      Excluir
  2. Oi Bru, tudo bom?
    Não se trata de um livro para todos os públicos, mas acho que é uma boa leitura para pais e professores. Afinal, são eles que mais lidam com pessoas que tem esse problema.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que é uma ótima leitura para pais e professores. Mas também para profissionais de RH, como é o meu caso, ainda mais que tem um foco grande no universo de trabalho, rs
      beijos

      Excluir
  3. Apesar de ser um tema super importante, acho que não é uma leitura que me agradaria. Mas com certeza, é uma boa dica pra psicologos, professores e quem está passando por bollyng.

    Bjok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é uma leitura interessante, mas realmente não tão divertida de ler. Eu mesma agarrei um pouco, rs, e olha que está relacionada ao meu trabalho, rs
      beijos

      Excluir
  4. Tbm estou numa fase de romance ,então nem vou ler
    A capa é bem legal mais mesmo assim vou le não :/

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho a maior vontade de ler esse livro, mas ainda não consegui comprar. O tema é muito interessante pra mim e espero ler em breve.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana Caroline, ele está em promoção na Saraiva, super em conta
      beijos

      Excluir
    2. Só vi a resposta agora :(

      Espero que ainda esteja.

      Beijos.

      Excluir
  6. Não gosto muito de livros desse tipo mas esse livro parece ser bom.. Mas estou lotada de livros para ler então não o pegarei por agora.
    Mas o tema que hoje em dia está sendo muito falado, é bom
    Bjs
    Anny

    ResponderExcluir
  7. OI Bru tudo bem?
    Então, não conhecia o livro mas sinceramente..não sei se leria, sei la to achando que o assunto já esta meio batido.

    De qualquer maneira gostei da sua sinceridade na resenha e gostei de conhecer mais da historia através dela.

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  8. Oi Bru

    Não conhecia esse livro e gostei da capa, mas não sei de leria devido a ser voltado mais para area pedagógica né então acho que foge da minha atuação rsrs mas é sempre bom ler livros assim.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  9. Confesso que não sou muito fã de livros assim. Mas concordo que as vezes seja bom fazer uma leitura desse tempo, pois a leitura engrandece o conhecimento, e o que não engrandece ainda mais do que um livro "real", presente no dia-a-dia".

    Apesar de ter gostado da resenha, não pretendo ler...

    Um beijo,
    Lê.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ei Lê, eu gosto de ler livros assim às vezes, mas realmente, só às vezes, rs
      beijos

      Excluir
  10. Não conhecia o livro, Bru, mas gostei muito da premissa. Acho que seria muito interessante para mim, já que tenho que interagir com situações como essas todos os dias na sala de aula.
    Realmente livros desse gênero não são para lazer e tem que ser lidos com calma.
    Adorei a dica; vou comprar o livro, certamente.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso, dá uma olhada sim. É bem legal
      beijos

      Excluir
  11. Oi, Bruna
    Esse tema é bem atual, mas sempre vejo livros voltados para as vítimas. Achei super interessante esse livro abordar o tema do agressor. Gostaria de ler.

    ResponderExcluir
  12. Gostei da capa mais acho que não leria esse livro *-*
    Não tem uma história que gosto muito *-*

    ResponderExcluir
  13. Oi Bruna.
    Gostei bastante da temática do livro, acho que seria válido saber um pouco mais sobre como lidar com pessoas difíceis e acho que a presença de exemplos ajuda bastante.
    Mas, a divisão em 5 partes parece um pouco maçante =/
    No momento, não leria o livro, mas o achei interessante.

    ResponderExcluir
  14. Não sou fã de livros de não-ficção. São raros os assuntos que me fazem lê-los, e esse não me chamou a atenção em nada, infelizmente. Mas também pode ser que não esteja no momento pra ler algo assim.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, e volte sempre!
Comente, opine! Cometários são sempre bem vindos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...