[Resenha] Ardente / Em Chamas - Sylvia Day


Nunca misture trabalho com prazer. Nunca fale de política dentro do quarto. De certa forma, no momento em que me tornei amante de Jackson Rutledge, fiz exatamente essas duas coisas. E não posso dizer que foi por falta de aviso. Dois anos depois, ele voltou. Mas eu não era mais a garotinha que ele havia conhecido, enquanto ele não mudara nada. Ao contrário da última vez em que nos esbarramos, eu sabia exatamente com quem estava lidando e quão viciante seu toque poderia ser. Só que desta vez eu conhecia as regras do jogo. No ambiente competitivo e impiedoso do mundo dos negócios, há uma regra que vale para todo mundo: mantenha seus inimigos por perto, e seus ex amantes mais perto ainda.

Título original: Afterburn/Aftershock
Categoria: literatura contemporane, erótico
Editora/Ano: Paralela/2015
+18

* Livro cedido pela Editora Paralela para resenha


Gianna Rossi é uma jovem descontente de italianos, com três irmãos mais velhos e pais carinhosos. Sua família é dona de um típico restaurante italiano no Brooklyn, e os irmãos têm intenção de abrir uma filial para cada. Porém, apesar de ajudar na administração da empresa familiar, Gianna quer mais, e se vê diante dessa oportunidade ao conseguir o emprego de assistente de Lei Yeung, uma importante administradora de restaurantes. Um ano após estar trabalhando com Lei, as duas estão prestes a fechar contrato com os irmãos Willians, que são chefs conceituados lançados por Ian Pembry, o antigo companheiro e ex-socio de Lei, por quem ela guardar um grande rancor devido a traição que sofreu. Porém, todos os planos vão por água abaixo quando Jackson Rutledge aparece não apenas apoiando, mas investindo em Pembry.

Jackson, ou apenas Jax, pertence a família Rutledge, que é uma das mais antigas e poderosas da política norte-americana, e apesar de Jax não seguir carreira política, ele atua como uma espécie de faz tudo e solucionador de problemas tanto para a família quanto para seus partidários políticos. E é para atender um pedido de seu pai, Parker Rutledge, que ele intercede por Pembry.

O grande problema é que Jax não é um mero desconhecido de Gia. Eles tiveram um caso dois anos atrás, que deixou a jovem devastada apos seu término sem explicação, com Jax apenas desaparecendo no momento em que o relacionamento parecia ficar mais sólido e forte. E é nessa salada mista de ex-amantes, política e conflitos de interesse que o livro se desenrola.

Ardente e Em chama foram lançados como dois pequenos livros de Sylvia Day, originalmente em e
-books separados, que foram compilados em uma única edição física, pela Editora Paralela. Mesmo as duas edições juntas formam um livro bem fininho, apenas 200 páginas que podem ser lidas rapidamente. Eu gosto muito da escrita da Sylvia, e adoro a forma como consegue realmente criar casais com muita química. Isso é necessário, já que esse livro, assim os outros que já li da autora, são super eróticos! Sério, as cenas de sexo são longas e altamente descritivas, por isso nada de menores lendo!

Jax é um personagem bem forte, controlador, mas sem ser obsessivo. Seu interesse por Gia é claro desde o início, assim como sua vontade de protegê-la. E isso deixa a questão sobre o motivo dele a abandonar dois anos atrás. Gostei das motivações do personagem e sua dinâmica familiar, porém não me apaixonei por ele como esperava. Gia é forte e não dá moleza para Jax, sabem se impor, mas em alguns momentos ela cede fácil demais às vontades dele.

Do lado dos personagens secundários o destaque é para a família de Gia. Amei os irmão dela! São todos ótimos. E também temos uma participação de Deanna Johnson, jornalista figurinha carimbada da série Crossfire.

O livro é dividido em duas partes, cada uma contendo um dos contos originais (Ardente e Em chamas), e a diagramação é simples, porém bem feita, com a letra num tamanho confortável de ler. Percebi dois erros, em um momento o pai do Jax foi chamado de seu irmão, e há uma troca de nome no final, mas não comprometeram a leitura. Uma coisa bem legal são os dois testes presentes no final do livro, para ver o tipo de homem que você atrai, bem estilo teste de resista Capricho da minha adolescência!

Esse é um romance erótico contemporâneo bem gostoso e rápida de ler. Um ótimo passatempo, mas sem grandes desenvolvimentos e aprofundamentos, então não leiam esperando por isso.

Um comentário

  1. Aftershock has been my favourite book for a long time. I needed to write an essay online, and I will take your post as an inspiration. Great post, thanks for sharing!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, e volte sempre!
Comente, opine! Cometários são sempre bem vindos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...