[Resenha] Paixão sem limites (Sem limites #1) – Abbi Glines


Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após a sua morte, Blaire foi obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara. Ao chegar a Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho dela, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça. Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Ele tem 24 anos, é lindo, rico, charmoso e parece ter o mundo inteiro a seus pés. Extremamente sexy, orgulha-se de levar várias garotas para a cama e dispensá-las no dia seguinte. Blaire sabe que deve ficar longe dele, mas não consegue evitar a atração que sente, ainda mais quando ele começa a dar sinais de que sente a mesma coisa. Convivendo sob o mesmo teto, eles acabam se entregando a uma paixão proibida, sobre a qual não têm nenhum controle. Mas Rush guarda um segredo que Blaire não deve descobrir e que pode mudar para sempre as suas vidas.

Título Original: Fallen Too Far
Série: Sem limites #1 – Saga Rosemary Beach #1
Editora: Arqueiro
Ano: 2013
Categoria: Romance, New Adult
Nota: 4/5
+ 18


Olá amores! E aí, empolgados para o jogo do Brasil hoje? E já fizeram suas apostas? Eu não participo de Bolão, porque sou um zero a esquerda em matéria conhecimentos futebolísticos, e nunca sei julgar os adversários, rs. Mas vamos parar de papo, e ir ao que interessa: Resenha! Hoje temos a resenha de Paixão sem limites, primeiro livro da série Sem limites, de Abbi Glines.

No mês de junho eu praticamente só li NA's, e Paixão sem limites foi um delicioso passatempo.

Então, bora ver a resenha?

Paixão sem limites: 
um New adult super sensual e envolvente

Blaire tem apenas 19 anos, mas já sofreu na vida. Perdeu a irmã gêmea, aos 14 anos, seu pai abandonou a família, teve que cuidar sozinha da mãe, até a morte desta de câncer, e após ter que vender a casa onde viviam, no Alabama, para pagar as despesas médicas, é obrigada a recorrer a seu pai cretino.

Ao chegar ao novo endereço do pai, Blaire se assusta ao se ver em uma pequena cidade litorânea, Rosemary Beach, refugio dos ricos e milionários. E sua surpresa se torna ainda maior ao descobrir que o pai está viajando pela Europa com a nova esposa, Georgiana, e que a casa para qual a enviou não é dele, e sim de seu enteado, Rush Finlay, filho de Georgiana e um astro do rock.

Rush demonstra uma antipatia imediata por Blaire, mas acaba deixando-a ficar em sua casa (de muita má vontade), e a hospeda em um quartinho quase insalubre embaixo da escada, até ela conseguir um emprego e um lugar para morar. E logo ela consegue emprego no Country Club, que está bem movimentado, uma vez que estão no verão. Nesse ponto o livro me lembrou muito o seriado The OC, com pessoas riquíssimas, que pareciam não ter nada pra fazer além de se divertir, rs.

Rush é um playboy filhinho de papai. Jovem, rico, bonito, é um galinhão, vive dando festa de arromba, ou no Country Club jogando golfe e fazendo nada. Ele se sente imediatamente atraído por Blaire, morre de ciúmes de todos que se interessam por ela, mas sempre diz que não podem ter nada, mesmo ela querendo. Tudo devido a um segredo envolvendo sua irmã mais nova, Nan. Eu não gostei muito do Rush. Achei ele muito arrogante e pouco carismático, por isso o personagem não me conquistou. Já Blaire é o tipo mocinha heroína: é forte, corajosa, trabalhadora. Ela já sofreu demais na vida, e nem por isso fica se lamentando. É uma pessoa bondosa, e que procura ajudar os outros.

O relacionamento dos dois demora a engatar, mas quando começa, pega fogo! Apesar de não curtir muito o Rush, adorei a química do casal. E prepare-se para cenas bem sensuais.

Escrito em primeira pessoa, com narração da Blaire, esse é um bom livro, com uma escrita fluída que prende a atenção do leitor. Os temas são bem clichês, mas mesmo assim gostei muito do resultado. Porém, achei o tal segredo que todos pareciam saber, menos Blaire, muito fraco, tipo, muito mesmo. Pelo suspense que fizeram, eu esperava uma coisa bem polêmica e até mesmo moralmente condenável.

A diagramação da Arqueiro é simples e muito bem feita, com folhas amareladas, tradução e revisão bem feitas. E gostei muito da capa, a modelo representa bem a imagem da Blaire.

Esse é um bom livro, fininho e rápido e fácil de ler, dá pra terminar em poucas horas. É uma leitura despretensiosa e gostosa. Recomendo muito para quem curte o gênero.


.

21 comentários

  1. Oi Bruna, tudo bom?
    A única vantagem que eu vi nessa leitura foi a escrita rápida e dinâmica. Achei tudo muito mexicanizado pro meu gosto e não consegui me conectar aos protagonistas. Eu gostei mais do Grant e o Woods do que do próprio Rush. Já conversamos né? Enfim, é um NA dinâmico e não me empolgou tanto.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk, nossas conversas sobre esse livro foram ótimas, rs. Eu gostei dele, não curti muito o segundo, mas desse eu gostei bastante
      beijos

      Excluir
  2. Oi Bru, eu sinceramente achei o livro mais fraco da autora, com diálogos rasos, e até engraçados nas cenas mais quentes.
    E ao contrario de você, achei que romance rolou num piscar de olhos, assim como a atracão deles...achei bem forçado. Sorte que no segundo volume a autora resolveu dar mais atenção aos personagens e a historia melhorou infinitas vezes mais.

    E toda a vida, Woods e Grant apesar do pouco espaço, são muito mais interessantes ^^

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já achei o contrário, kkk
      Gostei mais desse que do segundo. O Rush me irritou muito no segundo, rs
      beijos

      Excluir
  3. Oii
    Eu até gosto do genêro, mas aos poucos fui perdendo a vontade de ler este livro, não sei porque.
    Fico feliz que tenha gostado do livro. Espero mudar de ideia.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se animar, leia sim, é uma leitura leve e que rende muito, rs
      beijos

      Excluir
  4. Oi Bru, tudo bem?
    Eu conheci esse livro em um evento da editora, não conhecia a autora, mas me apaixonei na hora por essa história e já descobri que são três séries que teremos.
    Pena que é fininho, adoro livros com muitas páginas, quando são poucas ele acaba muito rápido ficamos querendo saber a continuação.
    É claro que quero ler!!!!!!
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Cila!
      Eu gostei dele ser fininho, não ficou corrido não. Mas acho que dava pra juntar os dois livros em um, que ficaria um livro médio e bem legal
      beijos

      Excluir
  5. Hey
    Eu também nem me meto em bolões hahaha não tenho sorte com essas coisas
    Ainda não comecei essa série, mas esse clima The O.C deve ser bacana de acompanhar, eu curtia a série haha

    Ótima resenha.

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amava The Oc, rs, e aqui tem muito ricaço em festas e baladas, tipo lá,rs
      beijos

      Excluir
  6. Rush é o típico filhinho de papai da atualidade, não gosto desse tipo de coisa. Não me atrai em nada.
    Enfim... Não me interessei pelo livro não, mas para quem gosta, é uma ótima.
    Parabéns pela resenha, Bruna.
    Ah, eu adoro futebol, mas não fiz nenhuma aposta não rsrsrsrs.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher e 2 ganhadores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii, o Rush é filhinho de papai mesmo, rs. Nesse primeiro livro foi de boa, mas no segundo ele me irritou muito, rs
      beijos

      Excluir
  7. Amei esse livro e 'Tentação Sem Limites', estou louca pra ler o próximo *-*

    Estou de volta com o blog. Passando aqui para matar a saudades. Beeeijos :*

    → http://shy-confident.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oiii Mari!
      que bom te ver de volta
      depois passo lá pra deixar um abraço, rs
      beijos

      Excluir
  8. Oiee

    Já li esse livro e achei um belo passatempo para sair de uma ressaca literária pois é bem leve e também concordo com você o segredo não é nada demais e se faz um drama de novela mexicana .....

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk, realmente,o dramalhão foi grande, rs. Mas é um livro leve, bom para passar o tempo, rs
      beijos

      Excluir
  9. Eu amei esse livro, rs, é meio dramático, mas eu gosto. Acho que é porque sempre amei novelas mexicanas, hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk, Bia você é uma piada
      esse é um dramalhão bem mexicano
      beijos

      Excluir
  10. Oi Bruna. Estou de olho nessa série faz horas, mas ainda não tenho nenhum livro. Acho que estou criando coragem para comprar. kkkkk Adorei a resenha. Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gi, ele está sempre bem barato na Saraiva online, olha lá depois
      beijos

      Excluir
  11. Olá Bruna tudo bem?
    Li este livro recentemente e como você gostei bastante da história. Achei a narrativa da autora muito simples cativante. Terminei esse livro em um dia e foi uma leitura muito gostosa. Como você, de imediato não gostei de Rush, porém quando a história vai se desenrolando comecei a pegar certo "carisma" por ele rs.
    Adorei a resenha.
    Beijoos

    https://cantodelivros.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, e volte sempre!
Comente, opine! Cometários são sempre bem vindos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...